quinta-feira, 30 de junho de 2016

Receita de Salpicão de Frios

INGREDIENTES
100 g presunto picado
100 g peito de peru picado
1 cebola picada
1 pimentão verde picado
1 lata ervilha e 1 milho
1 cenoura ralada
1/2 x. (chá) cebolinha picada
1 x. (chá) maionese
1 x. (chá) iogurte natural
sal/pimenta-reino a gosto
300 gramas batata palha

MODO DE PREPARO
Em um recipiente coloque as ervilhas, o milho, a cebola, o sal, a cebolinha, o presunto de peru, o peito de peru, os pimentões, a pimenta, a maionese e o iogurte natural. Misture, delicadamente, para se agregarem. Coloque em um refratário e decore com batata palha.


HISTÓRICO DO PRATO
Em Portugal o salpicão é um enchido tradicional confeccionado confeccionado com carne de porco do lombo e como base é usada uma tripa grossa de porco com formato reto. No Brasil, é um prato do tipo salada, conhecido pela mistura de legumes, carne de ave desfiada e maionese. Existem variações da receita em torno dos ingredientes utilizados.

Este conteúdo faz parte de um Info-Produto de minha autoria. Trata-se da "Apostila Cardápio para Eventos".  

Se você leu o livro “À Procura da Felicidade” do Chef Paulo Carvalho, deve saber que quando ele teve seu insight e sua visão de futuro, vendo-se trabalhando com gastronomia até o resto de sua vida, descobrindo, portanto, seu talento, deu início a pesquisas sobre o tema e criou uma série de “Apostilas” que foram seus primeiros estudos sobre gastronomia.

Pois bem! Este E-Book é uma destas apostilas, a qual é um “Cardápio para eventos”, mas também apresenta a receita de cada uma das preparações. Esta apostila foi criada anos antes da abertura de seu primeiro restaurante, como uma visão de futuro para contratações de seu buffet. 

As apostilas contêm o teor original de quando foram criadas pelo Chef, incluindo a capa, que apresenta o logotipo que teria seu primeiro restaurante, mas que não foi utilizado, pois decidiu mais tarde pelo nome “Dupaolo”, sendo que “Du” quer dizer “Do” em francês e “Paolo” é “Paulo” em italiano, conforme texto retirado de seu livro: “Neste mesmo instante, já defini o nome do restaurante – Chardonié – nome associado a uma uva bastante conhecida no mundo inteiro. Elaborei também, na mesma hora, o logotipo que teria o meu restaurante no futuro. Coloquei este logotipo na capa da apostila “Receitas e histórico de pratos clássicos internacionais”, a qual foi minha primeira pesquisa na área gastronômica”.

Nesta Apostila de 76 páginas você vai encontrar diversas receitas de saladas, molhos, pratos quentes, guarnições e sobremesas, as quais se fossem aqui discriminadas, como foi feito nas demais apostilas, não haveria espaço suficiente, pois o conteúdo é bastante amplo.

Apesar do conteúdo ser amplo, a apostila está dividida em Cardápio I, Cardápio II, Cardápio III, Cardápio IV, Cardápio V, sendo que cada cardápio traz 07 tipos de saladas; 03 tipos de molhos; 6 tipos de pratos quentes; 05 tipos de guarnições e 04 tipos de sobremesas, presentes em um sumário bem organizado, com a página de cada uma das receitas apresentadas, sendo ideal, tanto para donas de casa que desejam ter um cardápio variado, quanto para donos e chefs de cozinha que procuram variar cada vez mais o cardápio de seus restaurantes.

Além disso, cada receita traz o histórico do prato, para que você não apenas aprenda a cozinhar ou tenha a seu dispor grande número de receitas para elaborar seu cardápio, mas também amplie sua cultura gastronômica.

Com certeza trata-se de um material que vai lhe ajudar muito a aprender mais sobre gastronomia. Seja para você que deseja aprender mais para cozinhar para sua família e amigos, ou para você que deseja se profissionalizar, este E-Book será um ótimo aliado para seu aperfeiçoamento!

Esta série de Info-Produtos é composta pelas seguintes apostilas:

Propriedades dos Alimentos II, dando um total de treze apostilas.

Leia Também 


Gostou? Então deixe o seu

 Comentário abaixo :-)

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Porque decidi me tornar um Empreendedor Digital

Antes de descrever porque decidi me tornar um Empreendedor Digital, convém contar o porquê de ter entrado nesta área.  Se você já leu meu livro “À Procura da  Felicidade” deve saber o nível de sucesso que já havia atingido antes de dar início a minha jornada como Empreendedor Digital. Deve saber também que eu estava insatisfeito com este nível de sucesso.

Mas caso você não tenha realizado a leitura deste livro, vou explicar melhor. Quando ocorreu meu primeiro “insight”, ou seja, no dia que entrei em um site de cozinha internacional, tendo meu primeiro contato com preparações que nunca havia ouvido falar, foi o momento que tive a minha grande idéia, a minha verdadeira visão de futuro, o meu primeiro contato com meu verdadeiro talento e falei para mim mesmo: “Paulo, você vai montar um restaurante!” Ou seja, meu objetivo inicial era apenas montar um restaurante.

Com o passar do tempo, cheguei a conclusão de que estava pensando pequeno e ampliei este objetivo para três restaurantes, a construção de uma casa de dois andares com piscina e a compra de dois carros de passeio, num prazo de dez anos.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail 

Após muito trabalho – descrevo esta trajetória no livro –, depois de 9 anos, tinha o seguinte: 01 restaurante que atuava com buffet apenas no almoço, no qual os equipamentos e utensílios eram meus, mas pagava aluguel do imóvel – apesar de que alguns meses atrás tinha mais um restaurante em um clube de campo, no qual os equipamentos e utensílios não eram meus e funcionava em regime de concessão de uso, com contrato por tempo determinado –; um carro de passeio e um utilitário totalmente quitados; e uma casa simples de madeira com três quartos, sala, cozinha, banheiro e uma garagem, totalmente paga.

Como você pôde perceber, já estavam quase chegando os dez anos estipulados e eu ainda não havia atingido totalmente meus objetivos. Além disso, eu trabalhava diariamente das 07:00 às 18:00, de segunda à sábado. Isto porque, neste momento, estava cuidando somente do restaurante que atuava apenas com buffet no almoço. Mas quando além deste, cuidava também do restaurante do clube de campo, além da carga horária já apresentada, trabalhava nos sábados – cuidando de festas de casamento e aniversários – até próximo às 03:00 da manhã e domingo das 11:00 às 18:00.

Pelos meus cálculos, naquela época, após mais um ano de trabalho, poderia montar mais dois restaurante, comprando equipamentos e alugando imóveis para a abertura dos mesmos, mas a casa de dois andares com piscina e a compra de mais um carro de passeio, parecia mais distante.

Mas a esta altura eu já estava com quase 40 anos e a disposição para o trabalho já não era mais a mesma. Se eu montasse mais dois restaurantes, me tornaria um escravo do trabalho e não era bem isso que almejava para minha vida. Eu queria viajar, conhecer os países dos quais havia estudado a história gastronômica, mas cuidando de três restaurantes não seria possível.

Foi aí que tive meu segundo “insight”. Um domingo à tarde – como já mencionei, a esta altura estava somente com o restaurante que trabalhava com buffet de segunda a sábado, apenas no almoço, pois havia perdido a concessão do restaurante em um clube de campo, mas por outro lado, a vida ficou um pouco mais tranquila –, estava eu assistindo alguns vídeos no youtube e me chamou a atenção uma moça que tinha um vídeo com o seguinte título: “Como vender mais de R$ 400,00 por dia”.

Mandei rodar o vídeo pensando se tratar de venda tradicional e queria ver se a informação seria útil para aplicar em meu restaurante. Mas era venda de info-produtos por meio de um blog.

A moça indicou seu blog, o qual continha um artigo que mostrava como vendia info-produtos. O artigo dizia que para vender era preciso ter um blog. Mas para ter um blog era necessário ter autoridade em um nicho de mercado. Pensei: “isso eu tenho”, ou seja, tinha autoridade na área de gastronomia. Em relação ao nicho, pergunto a você: “quem não gosta de gastronomia?”

Continuei pesquisando sobre o tema e encontrei um vídeo de uma pessoa que faz sucesso no Empreendedorismo Digital, a qual dizia que uma das formas de ampliar a autoridade era publicando um livro.

Foi então que, apesar de grande relutância, resolvi realinhar minhas metas. Quando você define seu objetivo e as metas para atingi-lo é como se você construísse um mapa de onde quer chegar. Mas às vezes ocorre que o mapa que você construiu não está te levando ao lugar correto. Nesta hora é preciso coragem para buscar novas referências e encontrar um novo caminho para atingir seus objetivos.

Mais uma vez, repito, que meu objetivo era “montar três restaurantes, construir uma casa de dois andares com piscina e comprar dois carros de passeio, num prazo de dez anos”.

Após refletir bastante sobre este objetivo, entendi que na verdade, eu queria ter três restaurantes para que fosse possível obter uma renda que me permitisse viajar para os países, os quais havia estudado a história gastronômica, ou seja, Argentina, México, Itália, França, Portugal, Espanha, Alemanha, Grécia, Síria/Líbano e China.

Foi então que surgiu a ideia de trabalhar com Empreendedorismo Digital, ajudando as pessoas com tudo o que havia aprendido ao longo de minha jornada, através de um blog, no qual poderia colocar todo o conteúdo de minhas apostilas de gastronomia, as quais havia criado quando iniciei minha carreira, as quais também poderiam se tornar meus info-produtos.

Surgiu a ideia também de escrever um livro, para, como dizia o Empreendedor Digital citado anteriormente, ampliar minha autoridade em gastronomia, que se refere ao livro “À Procura da Felicidade”. Assim, com a renda obtida poderia viajar, ao invés de ficar trancado nos restaurantes diariamente.

Mas atuar nesta área não seria possível se continuasse a trabalhar em meu restaurante. Assim, tomei uma atitude corajosa da qual até hoje não me arrependo – vendi o restaurante com todos os equipamentos, utensílios e o utilitário. Consegui o dobro do preço que havia pago. Obtive este valor pelo fato de que havia melhorado em muito o restaurante desde quando assumi – conto as mudanças realizadas no restaurante em meu livro – bem como havia um empreendimento na área marítima que estava em fase de construção, mas que traria muito mais movimento ao restaurante.

Então, quando iniciei como Empreendedor Digital, meu patrimônio se resumia a um carro de passeio, uma casa simples de madeira com três quartos, sala, cozinha, banheiro e garagem, totalmente mobiliada, além do valor em dinheiro que recebi pela venda do restaurante.

Existe um ditado que diz: “a sua medida de riqueza é quanto tempo você consegue viver sem trabalhar”. Então, estipulei um padrão de vida, descrevendo quanto poderia gastar mensalmente com Energia Elétrica, Água e Esgoto, Internet e Telefone, Alimentação, Combustível, e percebi que poderia me manter por quatro anos e alguns meses com o dinheiro arrecadado. 

Uma vez livre de todos os compromissos relacionados ao restaurante, iniciei como Empreendedor Digital, trabalhando apenas nesta área. Mas não demorou quatro anos para começarem a aparecer os resultados e consegui atingir todos os meus objetivos.

Gostaria de apresentar um de meus Info-Produtos. Trata-se da Apostila "Química de Alimentos".


Se você leu o livro “À Procura da Felicidade” do Chef Paulo Carvalho, deve saber que quando ele teve seu insight e sua visão de futuro, vendo-se trabalhando com gastronomia até o resto de sua vida, descobrindo, portanto, seu talento, deu início a pesquisas sobre o tema e criou uma série de “Apostilas” que foram seus primeiros estudos sobre gastronomia.

Pois bem! Este E-Book é uma destas apostilas, a qual fala sobre “Química dos Alimentos”. Claro que o conhecimento profundo sobre a química dos alimentos não é uma atribuição de um chef de cozinha, mas o Chef decidiu que deveria aprender sobre o assunto para melhor entender os processos químicos que ocorrem na preparação dos alimentos.

Nesta Apostila você vai compreender melhor componentes dos alimentos como:

Carboidratos;
Proteínas;
Lipídeos;
Sais minerais;
Vitaminas;
Pigmentos;
Aditivos;
Métodos de conservação dos alimentos; e
Microorganismos úteis, deteriorantes e patogênicos.

Com certeza trata-se de um material que vai lhe ajudar muito a aprender mais sobre este intrigante mundo, que é a química dos alimentos. Seja para você que deseja aprender mais, para cozinhar melhor para seus amigos e família, ou para você que deseja se profissionalizar, este E-Book será um ótimo aliado para seu aperfeiçoamento!

Esta série de Info-Produtos é composta pelas seguintes apostilas:

Propriedades dos Alimentos II, dando um total de treze apostilas.   

As apostilas contêm o teor original de quando foram criadas pelo Chef, incluindo a capa, que apresenta o logotipo que teria seu primeiro restaurante, mas que não foi utilizado, pois decidiu mais tarde pelo nome “Dupaolo”, como você pode ver, conforme texto retirado de seu livro, o qual afirma que: “Neste mesmo instante, já defini o nome do restaurante – Chardonié – nome associado a uma uva bastante conhecida no mundo inteiro. Elaborei também, na mesma hora, o logotipo que teria o meu restaurante no futuro. Coloquei este logotipo na capa da apostila “Receitas e histórico de pratos clássicos internacionais”, a qual foi minha primeira pesquisa na área gastronômica”.

Bons Estudos!

Leia Também:

Aditivos nutricionais e agentes processantes

Como os aditivos fazem parte de nossa alimentação

Como preparar o Filet Chateaubriand


Gostou? Então deixe o seu

 Comentário abaixo :-)

Você sabe o que são agentes sensoriais

Nossa interface com o mundo, incluindo os alimentos, é feita através de percepções sensoriais, tais como visão, olfato e paladar. A cor de um alimento, por exemplo, influencia diretamente na percepção do sabor e da qualidade do produto. O processamento pode causar a degradação de pigmentos naturais encontrados nos alimentos. Outros produtos, ainda, precisam da adição de corantes (naturais ou sintéticos) para possuírem uma aparência agradável e diferencial, tal como em refrigerantes, sorvetes, e snacks. Até mesmo o pipoqueiro da esquina costuma adicionar anilina aos grãos de pipoca, pois sabe que a pipoca rosada é "mais gostosa".

Os corantes podem ser naturais: derivados de plantas, animais, ou mesmo minérios (tal com o óxido de titânio, TiO 2, presente em sucos artificiais). A grande maioria é derivado de extratos de plantas; estes, entretanto, apresentam algumas desvantagens: instabilidade quando expostos à luz e ao calor, insolubilidade em água, a falta de fornecedores, a reatividade com outros componentes da comida, e a presença de aromas ou odores indesejados.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail 

Os corantes sintéticos são solúveis em água e avaliáveis como pó, pastas, grânulos ou soluções. Muitas substâncias utilizadas como corantes, tal como o "Brilliant Blue FCF", o "Indigo Carmine", o "Fast Green FCF" e "Allura Red AC" são bastante tóxicas. Mas, como a concentração utilizada nos alimentos é muito pequena, não chegam a ser preocupantes. Mesmo assim, certos corantes permitidos no Brasil (tal como o Allura) foram proibidos em vários países (como o Canadá).

Além da cor, os aditivos também são utilizados para alterar o odor e paladar: são os agentes flavorizantes. Nós somos capazes de perceber 5 sabores básicos: doce, salgado, amargo, azedo e unami. Isto é possível porque certas moléculas são capazes de sensibilizar células especializadas localizadas nos nódulos palatativos, na língua, boca e garganta.

Além de sensibilizar o paladar, um agente flavorizante pode estimular células do olfato, que são capazes de detectar mais de 10.000 estímulos diferentes. Há vários séculos atrás, na Ásia, já se utilizava uma substância que acabou sendo o primeiro flavorizante a ser vendido comercialmente como tal: os cozinheiros de lá usavam o amino-ácido L-glutâmico ou o glutamato monossódico (MSG). Esta substância é capaz de proporcionar um sabor rico e característico (chamado unami), típico em pratos orientais. Outros compostos que são utilizados como flavorizantes são as lactonas, ésteres, os 5'-ribonucleotídeos, monofosfato de inosina (IMP), malte e proteínas vegetais hidrolizadas.

Este conteúdo faz parte de uma apostila de minha autoria denominada "Química de Alimentos".


Se você leu o livro “À Procura da Felicidade” do Chef Paulo Carvalho, deve saber que quando ele teve seu insight e sua visão de futuro, vendo-se trabalhando com gastronomia até o resto de sua vida, descobrindo, portanto, seu talento, deu início a pesquisas sobre o tema e criou uma série de “Apostilas” que foram seus primeiros estudos sobre gastronomia.

Pois bem! Este E-Book é uma destas apostilas, a qual fala sobre “Química dos Alimentos”. Claro que o conhecimento profundo sobre a química dos alimentos não é uma atribuição de um chef de cozinha, mas o Chef decidiu que deveria aprender sobre o assunto para melhor entender os processos químicos que ocorrem na preparação dos alimentos.

Nesta Apostila você vai compreender melhor componentes dos alimentos como:

Carboidratos;
Proteínas;
Lipídeos;
Sais minerais;
Vitaminas;
Pigmentos;
Aditivos;
Métodos de conservação dos alimentos; e
Microorganismos úteis, deteriorantes e patogênicos.

Com certeza trata-se de um material que vai lhe ajudar muito a aprender mais sobre este intrigante mundo, que é a química dos alimentos. Seja para você que deseja aprender mais, para cozinhar melhor para seus amigos e família, ou para você que deseja se profissionalizar, este E-Book será um ótimo aliado para seu aperfeiçoamento!


Esta série de Info-Produtos é composta pelas demais apostilas:

Propriedades dos Alimentos II, dando um total de treze apostilas.

As apostilas contêm o teor original de quando foram criadas pelo Chef, incluindo a capa, que apresenta o logotipo que teria seu primeiro restaurante, mas que não foi utilizado, pois decidiu mais tarde pelo nome “Dupaolo”, como você pode ver, conforme texto retirado de seu livro, o qual afirma que: “Neste mesmo instante, já defini o nome do restaurante – Chardonié – nome associado a uma uva bastante conhecida no mundo inteiro. Elaborei também, na mesma hora, o logotipo que teria o meu restaurante no futuro. Coloquei este logotipo na capa da apostila “Receitas e histórico de pratos clássicos internacionais”, a qual foi minha primeira pesquisa na área gastronômica”.

Bons Estudos!

Leia Também:

Aditivos nutricionais e agentes processantes

Como os aditivos fazem parte de nossa alimentação

Como preparar o Filet Chateaubriand


Gostou? Então deixe o seu

 Comentário abaixo :-)

terça-feira, 28 de junho de 2016

Entenda a Tríade do Desenvolvimento Pessoal

Desenvolvimento Pessoal é um conceito, através do qual, alguém busca crescer como pessoa, tornando-se um ser humano melhor, para oferecer mais das suas habilidades ao mundo.

Quando alguém deseja seu Desenvolvimento Pessoal, precisa estudar áreas como Autoconhecimento, Realização Pessoal e Profissional, Planejamento Pessoal, Administração do Tempo, Comunicação Interpessoal, Relacionamento Humano, Qualidade de Vida, Empreendedorismo, Poder Mental, Liderança, Motivação, Produtividade, Educação Financeira e Marketing Pessoal.

Buscar o seu Desenvolvimento Pessoal é intrínseco a todos os seres humanos, mas, por vezes, a grande quantidade de conteúdo pode trazer dúvidas e um direcionamento equivocado nesta empreitada.

Pensando nisso, criei a estratégia denominada “Tríade do Desenvolvimento Pessoal”, a qual pratiquei por muitos anos, obtendo resultados significativos e agora busco transmitir esta técnica para as pessoas.
A Tríade do Desenvolvimento Pessoal é uma combinação de três entidades: Sucesso, Talento e Felicidade. Quando comecei a combinar os conhecimentos desta Tríade, fiquei impressionado com os resultados. Por isso, minha missão é levar este conhecimento ao máximo de pessoas possível.

Os conhecimentos desta tríade estão dispostos separadamente em três partes:

Sucesso: Pensar e agir como uma pessoa de sucesso, ainda que não seja. Esta parte é composta por recomendações que podem alavancar sua performance, tanto na busca, quanto na manutenção do seu sucesso, envolvendo pesquisas sobre ações das pessoas que atingiram o sucesso.

Talento: Encontrar e/ou desenvolver seu talento. Traz técnicas, para que uma vez aplicadas, possam lhe ajudar a descobrir seu talento, bem como conselhos úteis sobre como desenvolver seu talento e os benefícios que podem resultar em sua vida profissional.

Felicidade: Treinar o cérebro para ser feliz. Consiste em técnicas objetivas que uma vez utilizadas, podem torná-lo mais feliz, afinal de contas, de que adianta atingir o sucesso, ser uma pessoa talentosa, mas não encontrar a felicidade.

Assim, acredito que a utilização da técnica “Tríade do Desenvolvimento Pessoal” possa ser de grande ajuda para as pessoas que buscam se desenvolver cada vez mais em todas as áreas de suas vidas.


Hoje gostaria de indicar um produto de minha autoria. Trata-se da "Apostila Vinhos". 

Se você leu o livro “À Procura da Felicidade” de Paulo Carvalho, deve saber que quando o Chef teve seu insight e sua visão de futuro, vendo-se trabalhando com gastronomia até o resto de sua vida, descobrindo, portanto, seu talento, deu início a pesquisas sobre o tema e criou uma série de “Apostilas” que foram seus primeiros estudos sobre gastronomia.  

Pois bem! Este E-Book é uma destas apostilas, a qual fala sobre “Vinhos”. Claro que o estudo dos vinhos não é uma tarefa de um chef de cozinha, mas sim de um somelier, mas o Chef decidiu que deveria aprender sobre o assunto para melhor harmonizar seus pratos com os vinhos durante as refeições.   

Nesta Apostila você vai encontrar:   

História do vinho; 
Como servir o vinho; 
O champanhe; 
Como escolher o vinho; 
Efeitos do vinho; 
Garrafas e rolhas; 
A fabricação do vinho; 
Tipos de uvas utilizadas na fabricação dos vinhos; 
Práticas para degustação de vinhos; 
Vocabulário das sensações gustativas.   

Com certeza trata-se de um material que vai lhe ajudar muito a aprender mais sobre vinhos, possibilitando que possa degustar os vinhos de acordo com regras específicas, bem como aprenderá a harmonizar pratos com diferentes tipos de vinhos.  

Esta série de E-Books é composta pelas demais apostilas:

Coquetéis; 
Churrascos; 
Receitas e Histórico de Pratos Clássicos Internacionais; 
Queijos; 
Bacalhau; 
Ervas Aromáticas e Especiarias; 
Molhos; 
Técnicas Gastronômicas; 
Química de Alimentos; 
Cardápio para Eventos; 
Propriedades dos Alimentos I; e 
Propriedades dos Alimentos II, dando um total de treze apostilas.   


As apostilas contêm o teor original de quando foram criadas pelo Chef, incluindo a capa, que apresenta o logotipo que teria seu primeiro restaurante, mas que não foi utilizado, pois decidiu mais tarde pelo nome “Dupaolo”, como você pode ver, conforme texto retirado de seu livro, o qual afirma que: “Neste mesmo instante, já defini o nome do restaurante – Chardonié – nome associado a uma uva bastante conhecida no mundo inteiro. Elaborei também, na mesma hora, o logotipo que teria o meu restaurante no futuro. Coloquei este logotipo na capa da apostila “Receitas e histórico de pratos clássicos internacionais”, a qual foi minha primeira pesquisa na área gastronômica”.   

Seja para você que deseja aprender a degustar vinhos em casa com seus amigos, ou para você que deseja se profissionalizar nesta área, este E-Book será um ótimo aliado para seu aperfeiçoamento!   

Bons Estudos!

terça-feira, 14 de junho de 2016

Conheça melhor o Molho Bechamel

Você conhece a história do Molho Bechamel?

Este molho é indispensável na Lasanha - o prato predileto do Garfield - e utilizado em outros inúmeros pratos que pedem molho branco. Bom, primeiro vamos a história e depois vou apresentar a receita. 

Diz a lenda que tal alquimia foi idealizada pelo marquês Louis de Béchameil (1630-1703), um financista francês, especialista em agricultura e assessor do rei Louis XIV. Na verdade, na Itália, o molho já existia desde o século XIV, uma especialidade da região de Cesena, nas imediações do mar Adriático sob o nome de Balsamella.

O marques, efetivamente, apenas utilizou a coisa antiga numa receita de frango. Provavelmente motivado pela coincidência incrível das nomenclaturas, assumiu o molho como seu.


Existem outras diversas versões no que respeita à origem do molho Bechamel: a versão italiana remonta o molho ao século XIV, com o nome de Balsamella

O Bechamel teria entrado na França, no século XVI, pela mão dos chefes italianos de Catarina de Médicis, quando do casamento desta com o rei Henrique II. Outra versão atribui a paternidade do molho ao duque Philippe De Mornay (1549-1623), governador de Saumur.

RECEITA

INGREDIENTES

2 colher (sopa) manteiga
1 colheres (sopa) trigo
3 xícaras (chá) leite
1 colher (café) sal
1  colher (café) noz-moscada

MODO DE PREPARO

Derreta a manteiga. Adicione o trigo e torre sem escurecer. Junte o leite e mexendo adicione o sal. Polvilhe noz-moscada. Sirva.  

Hoje gostaria de indicar um produto de minha autoria. Trata-se da "Apostila Vinhos". 

Se você leu o livro “À Procura da Felicidade” de Paulo Carvalho, deve saber que quando o Chef teve seu insight e sua visão de futuro, vendo-se trabalhando com gastronomia até o resto de sua vida, descobrindo, portanto, seu talento, deu início a pesquisas sobre o tema e criou uma série de “Apostilas” que foram seus primeiros estudos sobre gastronomia.  

Pois bem! Este E-Book é uma destas apostilas, a qual fala sobre “Vinhos”. Claro que o estudo dos vinhos não é uma tarefa de um chef de cozinha, mas sim de um somelier, mas o Chef decidiu que deveria aprender sobre o assunto para melhor harmonizar seus pratos com os vinhos durante as refeições.   

Nesta Apostila você vai encontrar:   

História do vinho; 
Como servir o vinho; 
O champanhe; 
Como escolher o vinho; 
Efeitos do vinho; 
Garrafas e rolhas; 
A fabricação do vinho; 
Tipos de uvas utilizadas na fabricação dos vinhos; 
Práticas para degustação de vinhos; 
Vocabulário das sensações gustativas.   

Com certeza trata-se de um material que vai lhe ajudar muito a aprender mais sobre vinhos, possibilitando que possa degustar os vinhos de acordo com regras específicas, bem como aprenderá a harmonizar pratos com diferentes tipos de vinhos.  

Esta série de E-Books é composta pelas demais apostilas:

Coquetéis; 
Churrascos; 
Receitas e Histórico de Pratos Clássicos Internacionais; 
Queijos; 
Bacalhau; 
Ervas Aromáticas e Especiarias; 
Molhos; 
Técnicas Gastronômicas; 
Química de Alimentos; 
Cardápio para Eventos; 
Propriedades dos Alimentos I; e 
Propriedades dos Alimentos II, dando um total de treze apostilas.   


As apostilas contêm o teor original de quando foram criadas pelo Chef, incluindo a capa, que apresenta o logotipo que teria seu primeiro restaurante, mas que não foi utilizado, pois decidiu mais tarde pelo nome “Dupaolo”, como você pode ver, conforme texto retirado de seu livro, o qual afirma que: “Neste mesmo instante, já defini o nome do restaurante – Chardonié – nome associado a uma uva bastante conhecida no mundo inteiro. Elaborei também, na mesma hora, o logotipo que teria o meu restaurante no futuro. Coloquei este logotipo na capa da apostila “Receitas e histórico de pratos clássicos internacionais”, a qual foi minha primeira pesquisa na área gastronômica”.   

Seja para você que deseja aprender a degustar vinhos em casa com seus amigos, ou para você que deseja se profissionalizar nesta área, este E-Book será um ótimo aliado para seu aperfeiçoamento!   

Bons Estudos!