sábado, 12 de dezembro de 2015

Como as ervas aromáticas podem mudar o visual de seus pratos

Elas promovem uma transformação positiva aos alimentos, e algumas combinações parecem ter nascido para ser mesmo utilizadas. 

Todavia, as combinações não devem ser obrigatórias. É excitante o fato de haver sempre um grande âmbito para novas experiências e para a possibilidade de novas e bem sucedidas misturas de sabores.

As ervas aromáticas deverão ser utilizadas frescas. A maior parte das ervas pode ser facilmente cultivada, sendo fácil obtê-las frescas durante todo o ano. Muitas perdem por completo as características quando secas; outras mantém o sabor, como o orégano. Se tiver grande abundância e quiser conservar, poderá congelar pequenas quantidades em cubos de gelo ou conservá-las em azeite, dentro de boiões bem vedados e depois de usar as ervas, o azeite aromatizado poderá ser utilizado para temperar saladas.

Clique aqui e cadastre-se para receber novidades por e-mail

Nada se compara à fragrância das ervas frescas em saladas ou espalhadas sobre legumes cozidos e as que têm folhas de belos formatos são excelentes para enfeitar um prato ou decorá-lo. Havendo ervas frescas em casa, não existe a preocupação de o prato ter um aspecto descolorido, pode-se melhorar rapidamente o aspecto do prato com algumas ervas. 

Os estufados, guisados ou sopas tornam-se mais apetitosos ao se espalharem sobre eles ervas picadas, no último momento; são elas também que tornam diferentes os caldos e os molhos.

Hoje gostaria de indicar um info-produto de minha autoria. Trata-se da "Apostila Churrascos". 


Se você leu meu livro "À Procura da Felicidade", deve saber que quando tive meu insight e minha visão de futuro, vendo-me trabalhando com gastronomia até o resto de minha vida, descobrindo, portanto, meu talento, dei início a pesquisas sobre o tema e criei uma série de “Apostilas” que foram meus primeiros estudos sobre gastronomia.

Pois bem! Este E-Book é uma destas apostilas, a qual fala sobre “Churrascos”. Na minha opinião, um bom profissional precisa saber preparar tanto pratos sofisticados da cozinha internacional, como também pratos tradicionais locais ou rústicos como o churrasco dos gaúchos.

Nesta Apostila você vai encontrar:

Definição carne;
Principais tipos de carne;
Valor nutricional da carne;
Cuidados na compra;
Descrição dos cortes nobres;
As partes do boi; e

As seguintes receitas de churrascos:

Picanha recheada;
Panceta grelhada;
Picanha nobre;
Costela de ripa no bafo;
Paleta recheada;
Cordeiro no espeto;
Chuleta na grelha;
Fraudinha no alho;
Salmão grelhado com purê de peras;
Drummets e tulipas com limão e mel;
Capa de filé ao vinho e suco de laranja;
Lombo de porco;
Tender com manteiga e mel;
Costelinha suína ao conhaque;
Pernil com coca-cola;
Peito de chester grelhado;
Tainha recheada com farofa de vôngole;
Sardinha na brasa;
Coxas embebedadas;
Matambre recheado;
Bisteca de porco grelhada;
Rabada ao forno no celofane;
Espeto de carne moída com bacon;
Cupim recheado com bacon;
Costelão de leitão pururuca;
Leitão a pururuca;
Mero grelhado ao vinho branco;
Picanha de forno;
Músculo com bacon; e
Alcatra recheada.

Esta apostila vai lhe ajudar a fugir da mesmice quando o assunto for o churrasco do final de semana!


Esta série de Info-Produtos é composta pelas seguintes apostilas:

Propriedades dos Alimentos II, dando um total de treze apostilas.

Leia também: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário